capa do livro

Olho Seco

Uma abordagem didática

Jader da Silva Alves

A DISFUNÇÃO DO FILME LACRIMAL (OLHO SECO) é uma das condições mais frequentes na prática oftalmológica. Acomete cerca de mais de 10 % da população em geral, sendo as mulheres e os idosos os grupos mais atingidos.

O olho seco (ceratoconjuntivite seca) costuma provocar queixas que, geralmente, variam de um simples desconforto ocular a uma dor severa e, por vezes, incapacidade em manter os olhos abertos, principalmente no final do dia e em dias secos, ventosos ou de muito frio.

As mudanças na superfície ocular ocasionam a origem de uma série de anormalidades: erosões superficiais puntiformes, filamentos corneanos, placas mucosas e defeitos epiteliais.

Diversas doenças locais (oculares) e sistêmicas podem causar e/ou agravar esta disfunção.

Nos casos mais severos, a ocorrência de complicações, como as úlceras de córnea, podem trazer sérios riscos à integridade ocular e, consequentemente, à visão.

Ainda há pouco consenso entre muitos de seus aspectos essenciais, como etiologia e tratamento, já que se trata de uma patologia de múltiplos fatores.

Assim, o insucesso dos tratamentos constitui uma grande fonte de frustração para os pacientes e para os médicos.

Este livro faz uma revisão atualizada dos conceitos gerais, etiopatologia e opções de tratamentos clínicos, fármacos e os últimos avanços em cirurgia.

Veja também

capa do livro

O enigma da Peste Negra

Fernando Portela Câmara

capa do livro

Saúde, Previdência e Assistência Social 6

Políticas públicas para fortalecimento da cidadania

Fátima Bayma de Oliveira & Istvan Karoly Kasznar (org.)

capa do livro

Health Innovation Systems, Equity and Development

José E. Cassiolato e Maria Clara C. Soares (Org.)

capa do livro

Acesso a Medicamentos

Direito ou Utopia?

Jorge Bermudez

capa do livro

Fatores de risco em saúde

O manual de gerenciamento

Virginia Priest e Viv Speller