capa do livro

Psicologia, Microrrupturas e Subjetividades

Rogério Lustosa Bastos

Se “o universo”, diz-nos Valéry, “está em construção”, há os que a buscam por mudanças no macrossocial (a “revolução social”, a eleição partidária etc.); há os que a procuram por pequenas fissuras ou microrrupturas das questões consideradas menores na diversidade psicológica. Esta é a proposta deste livro. Organizado por Rogério Lustosa Bastos e com a participação de um grupo de pesquisadores das principais universidades brasileiras, este livro trata de um questionamento de um suposto modelo único, decorrente de uma subjetividade da globalização do “deus mercado” com suas repercussões na diversidade psicológica. A partir disso, estes textos buscam gestar pequenas fissuras, seja pela produção do pensamento, seja pelo questionamento da ciência clássica, do cognitivismo radical, da psicologia jurídica, da psicologia do esporte, da psicologia social, da psicanálise e de sua inquestionável veia do trágico, da análise leiga e da análise selvagem e da busca de uma clínica pela visão heideggeriana.

Veja também

capa do livro

A Nova Paidéia

Ciência e Educação na Construção da Modernidade

Marco Braga

capa do livro

A Tecnologia e seus Possíveis

É Possivel pensá-los?

Fernando Fragozo