capa do livro

Teatro de rua

Olhares e perspectivas

Narciso Telles e Ana Carneiro (org.)


A pesquisa em teatro no Brasil vem apresentando, nas últimas décadas, uma produção significativa e de fundamental importância para a compreensão do nosso Teatro. Com a ampliação dos cursos de pós-graduação na área, a consolidação de novas linhas de pesquisa, a reorganização curricular dos cursos de graduação (bacharelados e licenciatura) e a criação da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas – ABRACE, aumentamos o número de artistas-pesquisadores e as possibilidades temáticas de investigação.

O livro Teatro de Rua: Olhares e Perspectivas segue este caminho, apresentando um conjunto de estudos e reflexões em torno do teatro de rua, como parte integrante das atividades do Projeto de Pesquisa Teatro de Rua: processos criativos e formação do ator/atuador desenvolvido entre os anos de 2001-2003 no interior do Núcleo de Criação e Pesquisa Teatral – TRIBO da Universidade Federal de Uberlândia.

Dividido em três partes, o livro não tem a intenção de formar um conjunto unívoco; preocupa-se sim em oferecer ao leitor possibilidades olhares e enfoques sobre o tema. No primeiro bloco de estudos, encontram-se ensaios de caráter conceitual, procurando fornecer instrumentos que nos possibilitem analisar o teatro de rua em sua especificidade.

No segundo momento os estudos abarcam a produção teatral de rua brasileira, passando pelos diversos grupos que desenvolvem esta modalidade teatral em nosso País. Por último, uma reflexão em torno do trabalho do Grupo Catalão La Fura dels Baús.
No mais, é só lembrar do dito mambembe: “o raio, o sol suspende a lua. Olha o teatro no meio da rua”.

Narciso Telles & Ana Carneiro
Organizadores

Veja também

capa do livro

Teatro de Rua no Brasil

A primeira década do terceiro milênio

Licko Turle e Jussara Trindade (org.)

capa do livro

Pesquisa em Artes Cênicas

Textos e Temas

Narciso Telles (Org.)

capa do livro

Comunicação, Cultura e Consumo

A (des)construção do espetáculo contemporâneo

João Freire Filho e Micael Herschmann (org.)

capa do livro

Teatro do oprimido e negritude

A utilização do teatro-fórum na questão racial

Licko Turle