capa do livro

Gestão em Biotecnologia

Adelaide Antunes, Nei Pereira Jr. e Maria de Fátima Ebole (org.)

Este livro nasceu da idéia de gerar uma publicação que reunisse como pano de fundo a Gestão e como foco a Biotecnologia. O Programa de Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos da Escola de Química da UFRJ tem como uma das macroáreas de atuação a Gestão e a Inovação Tecnológica. Esta área tem gerado uma série de teses de doutorado e dissertações de mestrado cujos conteúdos se constituem em valioso instrumento para auxílio à tomada de decisão do governo e da empresa, assim como proporcionam à Academia uma visão holística dos diferentes aspectos que a Biotecnologia engloba.

Neste contexto, o livro Gestão em Biotecnologia contém 13 capítulos. O Capítulo 1 traça o Perfil da Biotecnologia, o Capítulo 2 discerne sobre o Patenteamento em Biotecnologia, os Capítulos 3 e o 13 aliam técnicas de Prospecção à Biotecnologia, o Capítulo 4 explora a Amazônia no contexto da Biodiversidade e o Capítulo 5 remete para a Visão Estratégica dos Organismos Geneticamente Modificados.

Os Capítulos 7, 8, 9 e 10 são dirigidos ao Meio Ambiente, abordando, respectivamente, o desejável Desenvolvimento Sustentável, o Sistema de Gestão Ambiental, a Estratégica para a Ecoeficiência na Produção Mais Limpa, enquanto o Capítulo 10 versa sobre as Tecnologias de Tratamento de Resíduos da Indústria Petroleira.

Os Capítulos 6, 11 e 12 referem-se à Indústria Farmacêutica focalizando a influência governamental para produção no País, a Dependência de Antibióticos no Brasil e as Tendências de Drogas de Estilo de Vida.
Agradecemos a todos os Doutores e Mestres, cujas teses e dissertações serviram como base para construção deste livro, e em particular, o empenho de Maria de Fátima Ebole Santana, autora do capítulo “O Perfil da Biotecnologia no Brasil”, pelos ajustes necessários para a elaboração deste e aos professores Maria de Nazaré de Freitas Pereira e José Vitor Bomtempo, co-orientadores das teses/dissertações de Prospecção Tecnológica, que geraram os Capítulos 3 e 13.

Por fim, registramos nossos agradecimentos ao CNPq pelo auxílio recebido no projeto Observatório de Tendências Tecnológicas para o Setor de Saúde e Biotecnologia e, em especial, ao prof. Dr. Jorge Guimarães, presidente da Capes, pela motivação. Da mesma forma, agradecemos à Petrobras que também colaborou financeiramente a edição deste livro.

Adelaide Maria de S. Antunes
Nei Pereira Jr.

Veja também

capa do livro

Economia industrial de empresas farmacêuticas

Lia Hasenclever, Beatriz Fialho, Helena Klein e Carla Zaire