capa do livro

Ricardo Desidério

Ricardo Desidério é mestre em Educação para a Ciência e o Ensino de Matemática, pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Tem especialização em Educação Matemática e licenciatura em Ciências com habilitação em Matemática. Em Londrina, atualmente, é professor da Rede Pública Estadual do Paraná, professor universitário no curso de Pedagogia da Faculdade Pitágoras e coordenador do curso de especialização em Sexualidade e Educação Sexual, também da Faculdade Pitágoras. Autor do livro Se você não fala, eu falo! – Sexualidade em artigos (2007), desenvolve pesquisas científicas, cursos e oficinas sobre Sexualidade e Educação Sexual. É membro do Cipess – Círculo de Pesquisa em Educação Sexual e Sexualidade da Universidade Estadual de Londrina (UEL); membro da SBRASH – Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana; e pesquisador do Nudisex – Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Diversidade Sexual da Universidade Estadual de Maringá (UEM), atuando na linha de pesquisa Mídia & Sexualidade.

Foi técnico pedagógico e coordenador dos trabalhos de Sexualidade e Educação Sexual nos núcleos regionais de educação de Foz do Iguaçu (2004) e Londrina (2005) e colaborador externo do Projeto “Grupos de Estudos sobre Educação Sexual na Escola – Gees/Escola: a criação de rede de formadores”, da UEL, desenvolvendo a função de supervisor do Colégio Estadual Antônio Raminelli de Cambé (PR) em 2009.



Veja também

capa do livro

De rodas, varejeiras e outros jeitos de aprender e ensinar

Elizabeth Tunes, Zoia Prestes e Roberto Bartholo (orgs.)

capa do livro

Comunicação, linguagem e análise do discurso

Notas do Seminário de Oratória

Antônio Augusto Braighi (org.)

capa do livro

As ações do Pibid da UFRRJ

Pesquisa e Ensino na Baixada Fluminense

Rosa Maria Marcos Mendes e Jean Rodrigues Sales (orgs.)

capa do livro

Práticas pedagógicas e sujeitos criativos

potencialidades e desafios

Maria Auxiliadora Negreiros de Figueiredo-Nery

capa do livro

Escritos sobre educação e saúde indígenas

Armando M. de Barros, Fábio Almeida de Carvalho e Isabel Maria Fonseca