capa do livro

Liliana Acero

Liliana Acero é doutora em Ciências Sociais pela University of Sussex, na Inglaterra (1983), Supervisor Prof. Tom Bottomore, e possui pós-doutorados na Universidade de Massachusetts-at-Amherst e na Universidade de Brown, Providence, EUA (1992-1994), e na Coppe/UFRJ, Brasil (1984). Atualmente, é professora visitante no Instituto de Economia, no Grupo de Economia da Inovação e no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (PPED) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Brasil), onde leciona sobre Ciência, tecnologia e sociedade; Desafios contemporâneos; e sobre Biocapital, biopolítica e biotecnologias da saúde: redefinições no capitalismo contemporâneo, no Programa de Pós-Graduação em Economia Política Internacional (PEPI).

Também atuou como Senior Visiting Researcher, no Centrim, University of Brighton, Reino Unido (2008-2009) e como Hallsworth Visiting Professor, no The Manchester Institute of Innovation Research (IoIR), Manchester University (2008). É professora associada no mestrado em Gênero, Sociedade e Políticas, Prigepp – Faculdade Latinoamericana de Ciências Sociais (Flacso, Sede Argentina) e da Catedra Regional da Unesco em Ciência, Tecnologia e Mulher.

Tem ampla experiência em pesquisa e ensino, nos níveis de graduação e pós-graduação e na orientação de trabalhos de conclusão e teses de graduação, mestrado e doutorado, em diferentes áreas das Ciências Sociais e Humanidades em universidades de diferentes países. Trabalhou nas seguintes universidades: History of Social Studies of Science (HSSS), Science Policy Research Unit (SPRU), Institute of Development Studies (IDS), The University of Sussex; IoIR, Manchester University e Centrim, University of Brighton (Reino Unido); University of Massachusetts-at-Amherst and Brown University (EUA); York University e University of Ottawa (Canadá); Universidad de Chile e Universidad Diego Portales (Chile), Unicamp, UFRJ, USP e Iuperj – Universidade Cândido Mendes (Brasil); Universidad de Belgrano, Universidad del Salvador e Universidad de Buenos Aires (Argentina).

A ênfase do seu trabalho em Ciências Sociais é a Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: inovação e impactos sociais de novas tecnologias, emprego, qualidade de vida e qualidade de vida laboral, qualificações, treinamento, saúde e saúde mental, estudos de gênero, grupos domésticos e sexua­lidade, estudos sobre o corpo, saúde sexual e reprodutiva, aspectos sociais e de políticas públicas das pesquisas com células-tronco e das terapias celulares e das novas tecnologias reprodutivas.

É autora de numerosos artigos, capítulos e livros, em diferentes idiomas, nas Ciências Sociais. Algumas das suas publicações mais relevantes são: Textile workers in Brazil and Argentina: Work and Household Behaviour by Gender and Age (Tokyo: United Nations University, 1991); Nuevas Tecnologias en Salud Sexual y Reproductiva: la influencia de la genética sobre las relaciones de género, hipertexto do curso da Maestria Virtual (Buenos Aires: Flacso/Prigepp, 2004); “Gender and New Reproductive Technologies within Development” (Development, v. 49, 2006); “Novas Tecnologias Reprodutivas e Relações Sociais de Gênero” (In: Feminismo e novas tecnologias. Recife: Edições SOS CORPO, 2006); “Genetics and Gender: NRTs in Latin America” (In: Atkinson, Greenslade & Glassner [Eds.]. New Genetics, New Identities. Londres: Routledge, 2007).



Veja também

capa do livro

Práticas religiosas afro-brasileiras e as Ciências Ambientais

Carlos José Saldanha Machado, Rodrigo Machado Vilani, Ramon Fiori Fernandes Sobreira

capa do livro

Como se fosse da família

a relação (in)tensa entre mães e babás

Liane Maria Braga da Silveira

capa do livro

Os Pensadores e a Ciência da Informação

José Eduardo Santarem Segundo, Márcia Regina da Silva e Solange Puntel Mostafa (orgs.)