José Amaral Argolo


José Amaral Argolo, 63 anos, é carioca, repórter da Editoria-Geral de O Globo (1978-1983), onde respondeu – entre outras missões – pela cobertura do Departamento de Polícia Especializada e da Secretaria de Estado de Segurança Pública; TV Globo (1981); O Dia – repórter especial, pauteiro, chefe de Reportagem, colunista, redator (1983-1988); Última Hora – subeditor (1988); Jornal do Commercio RJ – redator especial,subeditor de Macroeconomia, editor de Comércio e Indústria (1988-1992); Movimento, O Repórter (entre 1979 e 1981) e Tribuna da Imprensa – colaborador.

Professor Associado e ex-diretor (janeiro de 2002 a janeiro de 2006) da Escola de Comunicação da UFRJ (onde ingressou em 1992 por intermédio de concurso público de provas e títulos), no curso de graduação em Jornalismo; fundador e coordenador do Núcleo de Pesquisa em Jornalismo Impresso e Documentação Hemerográfica (N.Jor–DataH.); coordenador e editor do Jornal Comunidade-Rio e da série de separatas intitulada Cadernos Griffo; pós-graduado em Jornalismo e em Ciência Política, mestre em Filosofia, doutor em Comunicação e Cultura (ECO-UFRJ), concluiu pesquisa de pós-Doutorado em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e de pós-Doutorado Sênior em Estudos Estratégicos pela Universidade Federal Fluminense.

Integrou o Corpo Permanente da Escola Superior de Guerra (2007-2012) desenvolvendo atividades como analista do Centro de Estudos Estratégicos. Professor credenciado junto ao Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Ciência Política e ao Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos (Mestrado) da Universidade Federal Fluminense, leciona disciplinas relacionadas principalmente à História Política, Militar e Midiática Brasileira.

Atualmente está cedido para o Instituto de Estudos Estratégicos da UFF, onde, além de disciplinas ministradas no Programa de Pós-Graduação, colabora no desenvolvimento do Instituto Virtual de Estudos Estratégicos (Invest).

Como jornalista e pesquisador escreveu, entre outros, os seguintes livros, artigos em coletâneas e/ou separatas:

  • Reportagem Policial. Rio de Janeiro: E-Papers, 2015, 274 p.
  • Terrorismo e Mídia. Rio de Janeiro: E-Papers, 2012, 368 p.
  • Sparsae. Rio de Janeiro: E-Papers, 2009, 296 p. (coletânea reunindo 33 textos publicados em diferentes plataformas midiáticas).
  • As Luminárias do Medo: Vida, Paixão e Morte do Jornalismo Policial no eixo Rio de Janeiro/São Paulo (Pesquisa de pós-doutorado, ECA/USP 2003-2004). Rio de Janeiro: E-Papers, 2008, 166 p.
  • Luiz Carlos Sarmento: Crônicas de uma Cidade Maravilhosa. Com Gabriel Collares Barbosa. Rio de Janeiro: E-Papers, 2008, 292 p.
  • Reflexões sobre o Jornalismo Investigativo. Rio de Janeiro: NOOS, 2004, 156 p.
  • A Direita Explosiva no Brasil. Com Kátia Ribeiro e Luiz Alberto Machado Fortunato. Rio de Janeiro: Mauad, 1996, 332 p.
  • Dos quartéis à espionagem: caminhos e desvios do Poder Militar. Rio de Janeiro: Mauad, 2004, 248 p.
  • Sobre a Crônica Policial do Rio de Janeiro (1968-1993). Rio de Janeiro: Imago, 1995;
  • Correspondentes de Guerra: uma apreciação pedagógica. In: Ética na Comunicação. Rio de Janeiro: Mauad, 1995 (versão resumida); 2013 (versão revisada e ampliada);
  • Desvio e Camuflagem – Análise do Episódio Riocentro. In: Sphagia. Conjunto de textos (prefácios, ensaios, entrevistas e reportagens) 360 p. (inédito);
  • Dominação e Informação: para além da batalha das mídias. Monografia apresentada como requisito parcial à conclusão do curso de Altos Estudos de Política e Estratégia (Caepe – 2007), 62 p.
  • Bomba na OAB. Monografia apresentada como requisito parcial à conclusão do curso de Pós-Graduação (Especialização) em Ciência Política do Instituto Metodista Bennett. Rio de Janeiro, 1982, 80 p. Orientador: Prof. Dr. Eurico de Lima Figueiredo.
  • Tempos depois uma nova Guerra-Fria. Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 9. Republicada, na Revista da Escola Superior de Guerra, jul.-dez. 2007, v. 47, p.189-201.
  • Subsídios para a compreensão da cobertura jornalística da Policia Política no Estado do Rio de Janeiro (1979-1981). Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 3. Reproduzida em As Luminárias do Medo.
  • As Luminárias do Medo (Fragmenta Parte 1). Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 2.
  • A Caveira e a Rosa: anotações sobre Mariel Moryscotte. Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 11, fevereiro de 2009.
  • A Solidão do Ofício. Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 12., novembro de 2009.
  • Além do horizonte vermelho e a Aparição. Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 13, outubro de 2010;
  • Osama Bin Laden: Quem venceu? Quem matou? Quem morreu? Revista PJ:BR, São Paulo (ECA-USP), edição número 15, primeiro semestre de 2013.
  • Golbery: preâmbulo para um enigma. Cadernos de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra, Rio de Janeiro, v. 9;
  • Relâmpagos sobre o bambuzal: memórias pessoais e jornalísticas. Rio de Janeiro, 380 p. Inédito;
  • A Sala da Memória (Conjunto de Reportagens Inéditas). Rio de Janeiro, 380 p. Inédito.
  • Sphagia (conjunto de textos em sua maioria difundidos na Folha Maçônica, publicação semanal de alcance internacional: Américas do Sul e Central, França, Itália, Portugal e Espanha).

Livros do autor

capa do livro

Luiz Carlos Sarmento

Crônicas de uma Cidade Maravilhosa

José Amaral Argolo e Gabriel Collares Barbosa (orgs.)

capa do livro

As Luminárias do Medo

Vida, Paixão e Morte do Jornalismo Policial no eixo Rio de Janeiro-São Paulo

José Amaral Argolo

capa do livro

Sparsae

José Amaral Argolo

capa do livro

Terrorismo e mídia

José Amaral Argolo

capa do livro

Reportagem Policial

Percepções e desafios no cotidiano jornalístico

José Amaral Argolo