capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.04

Julho de 2000

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ

"Parabéns para você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida."

Mas quem faz aniversário? A revista Inteligência Empresarial. Ela está completando um ano de vida. E como nessas datas costuma-se dar presentes, os editores da revista prepararam um número especial para vocês. Um presente!

Nesse quarto número estaremos embarcando numa leitura de textos estimulantes e desafiadores.

Por que estimulantes e desafiadores? Porque, como artigo âncora, estamos publicando o relatório A Economia da Informação Emergente, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que discute a Sociedade do Conhecimento e quais as ações concretas e necessárias para o desenvolvimento da infra-estrutura física e dos serviços nessa nova sociedade. Nesse artigo, a convergência das indústrias de comunicação, informática e de conteúdo é apontada como o principal fator de desenvolvimento econômico da nova economia, no qual duas áreas são chaves: o desenvolvimento da infra-estrutura e dos novos serviços de valor agregado, ou seja, aqueles intensivos em conhecimento. No entanto, esse artigo aborda a forma européia de ver a questão.

E o Brasil? Este é o tema do comentário feito por Marcos Cavalcanti e por Elisabeth Gomes. Eles abordam o desenvolvimento do mercado brasileiro para esses novos serviços, discutem o papel do governo como incentivador desse mercado e principalmente chamam a atenção para quais ações devem ser tomadas para inserir o Brasil, de forma competitiva, na Sociedade do Conhecimento.

Mas se queremos ser competitivos temos que pensar em como criar nas organizações dessa nova sociedade um ambiente de trabalho propenso à criatividade e à aprendizagem. Por isso, trazemos para vocês um artigo de Sara Holanda sobre “O trabalho nas organizações”, no qual a autora apresenta detalhes do estudo de implementação de um centro de aprendizado empresarial na Repsol YPF.

E liderança? É um fator-chave para o sucesso das organizações que querem ser competitivas na Sociedade do Conhecimento. Portanto, estamos trazendo um texto de Daniel Roedel que aborda a importância de assimilar novos conceitos de gestão para conquistar vantagens competitivas, enfocando o papel-chave das lideranças.

E a prática? Selecionamos para vocês um artigo que conta como o BNDES implantou um programa inovador para apoio a empresas de software. É o caso do Prosoft. Eduardo Rath Fingerl faz um balanço desse programa e nos brinda com um artigo muito interessante e de fácil leitura.

Finalmente, para completar o nosso presente de aniversário, Cecilia Matoso resenha o livro Administração de Marketing, de Philipp Kotler. Neste livro, Kotler nos ensina como as empresas já inseridas na Sociedade do Conhecimento estão fazendo para responder aos desafios do ambiente empresarial do novo século.

Como vocês podem ver, escolhemos temas que temos certeza farão vocês refletirem sobre a posição do nosso País e de nossas empresas nessa nova sociedade.

Feliz Aniversário, e até o próximo número!

Os Editores

Veja também

capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.38

Meio Ambiente e cultura: forças estruturantes para o desenvolvimento local

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ

capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.37

O tempo livre como ativo econômico: um jogo entre o lícito e o ilícito

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ

capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.36

Cultura, Planejamento e Gestão

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ

capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.35

Porto Maravilha e a Pequena África

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ

capa do livro

Revista Inteligência Empresarial - n.34

Propriedade Intelectual e as Indústrias Criativas

Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ