capa do livro

Construção da abordagem das capabilidades

A economia ética, plural, tolerante e democrática do economista-filósofo Amartya Kumar Sen

Carlos José Saldanha Machado

O presente volume analisa, incialmente, as discussões sobre o papel dos julgamentos de valor na economia normativa, que giram em torno das comparações interpessoais de utilidade mobilizando diversos argumentos epistemológicos inseridos em uma crítica mais ampla da existência de enunciados normativos ou avaliativos em economia. Em seguida, faz-se um amplo levantamento dos argumentos desenvolvidos a favor de uma dicotomia entre os fatos e os valores, que, de David Hume ao Círculo de Viena, marca o pensamento positivista em economia. Esses diferentes argumentos desempenham um papel central na história da metodologia econômica, sendo atacados por Sen com base em argumentos propriamente epistemológicos. Ato contínuo, são analisadas as estratégias trazidas pela nova economia do bem-estar e pela teoria da escolha social para conceber uma “relação aos valores” aceitável. Prefigurada com as proposições de Oskar Lange e de Abram Bergson, por exemplo, a teoria da escolha social iniciada com Arrow, armada de sua estrutura axiomática, pode ser interpretada como uma solução sedutora aos problemas levantados pelas exigências positivistas, particularmente aquelas formuladas por Lionel Robbins. E isso porque ela oferece a possibilidade de formular critérios de avaliação e preceitos da economia política racional, ligados ao caráter explícito dos julgamentos de valor que ela contém. Essa passagem através dos argumentos filosóficos e epistemológicos formulados com o objetivo de fundar a dimensão positiva da economia permite aclarar a contribuição epistemológica de Sen para este debate. Ao refutar os argumentos de autores positivistas, como Lionel Robbins em economia, e Alfred Ayer em filosofia, e ao contestar a existência de uma dicotomia estrita entre economia e ética, Sen propõe para si a tarefa de demonstrar a possibilidade epistemológica de um debate em economia que seja, ao mesmo tempo, ético e racional. Essa contribuição epistemológica de Sen constitui a primeira etapa do conjunto de sua reflexão em torno da dimensão normativa da teoria econômica.

Veja também

capa do livro

Matemática financeira objetiva e prática

André Luiz Carvalhal da Silva

capa do livro

Produção pública de medicamentos no Brasil

Capacitação tecnológica e acesso a medicamentos

Lia Hasenclever, Maria Auxiliadora Oliveira, Julia Paranhos e Gabriela Chaves (orgs.)

capa do livro

Vulnerabilidades do Complexo Industrial da Saúde

Reflexos das políticas industrial e tecnológica na produção local e assistência farmacêutica

Lia Hasenclever, Julia Paranhos, Gabriela Chaves e Maria Auxiliadora Oliveira (orgs.)