capa do livro

Marcio Hegenberg

Marcio Hegenberg, executivo desde sempre, foi presidente, vice-presidente e diretor de várias empresas multinacionais. É membro do Conselho de Administração de outras duas. Trabalhou nos Estados Unidos, Europa e Ásia. Após um infarto em 2011, resolveu deixar um pouco o “lado executivo” e dedicar-se ao “lado alternativo”, onde a literatura sempre exerceu uma influência muito grande, desde os tempos de juventude. A poesia é o resultado de uma necessidade de escrever, mas, ao mesmo tempo, da falta de paciência para textos longos. Se define como inquieto, impaciente, ansioso e extremamente objetivo, incapaz de fazer apenas uma única coisa ao mesmo tempo. Nasceu “multi-tarefa”. Restou, portanto, a poesia como forma de expressão, pois um livro “normal” exigiria doses de paciência, calma, foco e concentração que não fazem parte do seu cabedal de aptidões.


Livros do autor

capa do livro

O Violinista

Uma coletânea de poemas e outras loucuras

Marcio Hegenberg