capa do livro

Aviação comercial controlada por máquinas inteligentes

Abilio Lucena e Roberto Pontes

Atrasos, cancelamento de vôos, longas filas e esperas nos aeroportos, tripulações trabalhando acima do previsto na legislação e controladores de vôos com sobrecarga de trabalho, entre várias outras irregularidades freqüentes, vêm deixando perplexas as administrações das empresas aéreas e das agências governamentais, que há algum tempo vêm trocando acusações e tentando, em vão, resolver esses problemas de forma eficiente.

A verdade é que a recente crise vista na aviação civil é mais antiga do que parece. A virada do século XXI foi marcada pelo quase colapso, em escala global, da aviação comercial em todo o mundo.

Atentados terroristas, sobrepostos a administrações ineficientes de companhias aéreas, aeroportos e de serviços, vieram a decretar a falência de inúmeras empresas, grandes ou pequenas, independente da fração do mercado que ocupavam.

A presente obra é, portanto, extremamente oportuna, pois vem ressaltar a importância da utilização de técnicas de Pesquisa Operacional e Programação Matemática nesse ramo de atividade comercial. O texto aponta e descreve aplicações de modelos matemáticos e algoritmos de solução que levam à redução dos custos operacionais dessas empresas, fazendo face à crise que atualmente abala a maioria delas.

Veja também

capa do livro

Desenvolvimento e mundialização

O Brasil e o pensamento de François Chesnais

José Eduardo Cassiolato, Marcelo Pessoa de Matos e Helena M. M. Lastres (Orgs.)