capa do livro

Mecânica do fraturamento hidráulico

Ching H. Yew

A Petrobras, através de seu Programa de Editoração de Livros Didáticos (PELD), tem permitido que o conhecimento e a experiência adquirida e acumulada ao longo dos anos por seus profissionais sejam devidamente preservados, transmitidos e colocados a serviço de toda a comunidade. Excelentes obras têm sido disponibilizadas e utilizadas pela Petrobras na formação e capacitação interna de seus empregados através dos seus programas de formação e ou aperfeiçoamento, bem como por diversas universidades brasileiras em seus programas de graduação e especialização.

Mais uma vez temos a grata satisfação de apresentar à comunidade técnica e científica da área de petróleo esta obra sobre Fraturamento Hidráulico traduzida para o português pelo Dr. Marcos Antonio Rosolen. Esta técnica empregada inicialmente no final da década de 40 em campos marginais dos EUA expandiu-se de forma marcante nos anos subseqüentes, impulsionada principalmente pelos atrativos ganhos obtidos com o aumento significativo da produção dos poços. Ao longo dos anos melhorias foram incorporadas e hoje é uma técnica consagrada na indústria, um marco no desenvolvimento da produção de petróleo. Tem sido largamente empregada em reservatórios de baixa permeabilidade como os de gás natural, formações de alta permeabilidade com a utilização dos chamados “frac-pack”, e em poços horizontais com a indução de múltiplas fraturas.

Este livro apresenta as técnicas básicas de modelagem do fraturamento hidráulico e aborda, com mais profundidade, a simulação computacional em três dimensões. São considerados tanto os aspectos relativos à propagação da fratura em um meio poroso quanto dos fenômenos de transporte resultantes da incorporação de agentes granulares no processo de consolidação de um canal de fluxo altamente permeável no reservatório. Trata, ainda, das complexidades introduzidas pela construção de poços desviados na formulação deste problema, da conexão das mini-fraturas geradas pelo canhoneio do revestimento do poço, do desvio experimentado pelas fraturas iniciadas em poços desviados, além de descrever alguns dos principais estudos experimentais desenvolvidos a respeito do tema tratado.

Dr. Marcos Antonio Rosolen graduou-se em Engenharia Elétrica na Unicamp e complementou sua formação com o mestrado em Engenharia de Petróleo na UFOP e doutorado em Engenharia Mecânica na Unicamp. Atua na Petrobras desde 1978, inicialmente na Bacia do Recôncavo baiano, trabalhando nas áreas de completação e engenharia de reservatórios e, posteriormente, na sede da Petrobras, Rio de Janeiro, na coordenação das atividades de estimulação de poços da empresa. Coordena também iniciativas de Gestão do Conhecimento na área de Engenharia de Poço e atua como docente na Petrobras e na PUC-Rio. É um profissional altamente respeitado que ao longo de sua profícua carreira técnica e acadêmica tem se dedicado com esmero ao estudo do aumento de produtividade dos poços de petróleo, com ênfase nas operações de estimulação através da técnica de fraturamento hidráulico.

Ronaldo Vicente
Consultor Sênior
Escola de Ciências e Tecnologia de Exploração e ProduçãoRecursos Humanos / Universidade Petrobras

Veja também

capa do livro

Scilab aplicado à Engenharia Química

Para Graduação e Pós-Graduação

Marcos F. P. Moreira

capa do livro

Transformações em Curso na Indústria Petrolífera Brasileira

Rosélia Piquet e Helder Queiroz Pinto Junior (orgs.)

capa do livro

Vibrações Mecânicas

Arthur Palmeira Ripper Neto

capa do livro

Monitoramento da Qualidade do Ar

Teoria e Prática

Carlos Alberto Frondizi

capa do livro

Microscopia dos Materiais

Uma Introdução

Walter Mannheimer