capa do livro

Cidade, trabalho e memória

Os trabalhadores da construção de Brasília (1956-1960)

Reinaldo de Lima Reis Júnior

"Cidade, trabalho e memória" tem por objetivo investigar a representação sobre a construção de Brasília contida na memória daqueles que vivenciaram e participaram do evento.
A partir de relatos de 12 trabalhadores - escolhidos de forma a representar as diferentes categorias envolvidas nas obras da futura capital federal -, Reinaldo Reis Jr. apresenta os "candangos" - a quem a história oficial reservou os rótulos depreciativos de "analfabetos", "despreparados", "sujos" - como protagonistas do evento, reinserindo-os na história por meio de suas experiências sociais.

Complementando os documentos de história oral produzidos pelo Arquivo Público do Distrito Federal com outros registros - como jornais, dados do censo, queixas policiais, fotografias, filmes - o autor busca a complementaridade entre o discurso da memória e o discurso histórico, na difícil tarefa de vislumbrar o cotidiano dos trabalhadores migrantes nos canteiros de obra.

Veja também

capa do livro

Violência, política e ideologia

Análise das capas do jornal O Globo nos anos de 1994 e 1995

Ricardo Ribeiro Baldanza

capa do livro

Antropologia e Direitos Humanos 10

Lucía Eilbaum et al. (orgs.)

capa do livro

O censo potiguara

referências originárias, alinhamentos políticos e adscrição étnica

Walter Coutinho

capa do livro

A invenção do nojo

Corpo, imaginário e emoção

Denise da Costa Oliveira Siqueira e Daniele Ribeiro Fortuna (orgs.)