capa do livro

Memórias do urbanismo na cidade do Rio de Janeiro 1778-1878

Estado, Administração e Práticas de Poder

Lúcia Silva

A estrutura urbana do Rio de Janeiro entre os anos de 1778 e 1878 passou por profundas transformações. De capital da colônia portuguesa na América à capital do Império brasileiro, a cidade expandiu-se e adensou-se constituindo uma rudimentar máquina administrativa para responder e atender às necessidades de seus habitantes.

Memórias do Urbanismo na Cidade do Rio de Janeiro é um conjunto de textos que percorre esse processo através de um caminho de pesquisa, que articula sujeitos e instituições em um período anterior à “orgia da picareta” da gestão de Pereira Passos. Diferentes fontes são mobilizadas para o entendimento da gestão colonial da cidade, da construção da máquina administrativa e das leituras político-urbanísticas em momentos importantes da vida da cidade.

Veja também

capa do livro

O Cerne da Discórdia

A Guerra do Paraguai e o Núcleo Profissional do Exército

Vitor Izecksohn

capa do livro

A Influência da Literatura no Jornalismo

O Folhetim e a Crônica

Héris Arnt

capa do livro

Por que somos Florianistas?

Ensaios sobre Florianismo e Jacobinismo

Lincoln de Abreu Penna

capa do livro

História do Urbanismo no Rio de Janeiro

Administração Municipal, Engenharia e Arquitetura dos anos 1920 à Ditadura Vargas

Lúcia Silva

capa do livro

Imprensa e Espaço Público

A Institucionalização do Jornalismo no Brasil (1808-1964)

Lavina Madeira Ribeiro

capa do livro

Prazeres Digitais

Computadores, Entretenimento e Sociabilidade

Simone Pereira de Sá e Ana Lucia Enne