capa do livro

Peter Wilhelm Lund

O naturalista que revelou ao mundo a pré-história brasileira

Ana Paula Almeida Marchesotti

Guiado pela escrita envolvente de Ana Paula, o leitor poderá dar asas à imaginação e à emoção presentes na fascinante trajetória de Peter Lund pelas cavernas e sertões brasileiros.

Visitará Copenhague no início do século XIX, as cidades de Kiel, Berlim, Paris, Rio de Janeiro, Curvelo, Lagoa Santa, as cavernas mineiras. Percorrerá círculos intelectuais europeus, como as reuniões científico-culturais na casa de Georges Cuvier, onde Lund conheceu Humboldt. Será convidado a imaginar a recepção oferecida por Lund, em Lagoa Santa, ao zoólogo dinamarquês Johannes Reinhardt, ao naturalista alemão Hermann Burmeister, ao astrônomo e engenheiro francês Emmanuel Liais, ao botânico dinamarquês Eugen Warming, aos membros da expedição de Louis Agassiz, e a tantos outros sábios que o visitaram.

O leitor constatará que, mais do que um excêntrico e solitário explorador de cavernas nos sertões mineiros, Lund integrou uma ampla rede mundial de pesquisa, observações, debates e disputas científicas.

Regina Horta Duarte  
Professora Titular de História do Brasil da UFMG

Veja também

capa do livro

Trajetórias docentes

Professores de História narram suas histórias na profissão

Everardo Paiva de Andrade e Marcos Pinheiro Barreto (orgs.)

capa do livro

Caminhos da Soberania Nacional (2ª edição)

Os Comunistas e a Criação da Petrobras

Lincoln de Abreu Penna

capa do livro

Juventudes Indígenas

Estudos interdisciplinares, saberes interculturais - Conexões entre Brasil e México

Assis da Costa Oliveira e Lúcia Helena Rangel (orgs.)

capa do livro

O pai do futurismo no país do futuro

As viagens de Marinetti ao Brasil em 1926 e 1936

Orlando de Barros

capa do livro

A quadrilha, da partitura aos espaços festivos

Música, dança e sociabilidade no Rio de Janeiro oitocentista

Rosa Maria Zamith