capa do livro

A Linguagem do Telejornal

Um estudo da cobertura dos 500 anos do Descobrimento do Brasil

Beatriz Becker


O telejornalismo é inteiramente congenial à televisão brasileira. Seja pela tradição do noticiário apresentado pelos jornais impressos, seja, em certa época, pelo destaque dado ao jornal radiofonizado, a sociedade brasileira logo adquiriu o costume de sintonizar emissoras de TV em busca de notícias.

Produções informativas de grande impacto e notável repercussão em meio social, os jornais de TV constituem o modo pelo qual, em sua singularidade, a nação brasileira a si mesma se apresenta e representa. Por tal razão, o ritual cotidiano instaurado por toda emissão telejornalística se afigura imponente cerimônia midial, destacando-se tanto pela proposição de significados, a serem validados em meio social, quanto pela construção de sentidos, pelos quais passe a orientar-se a experiência cultural coletiva.

Mas, que imagens, idéias e conceitos distinguem o Brasil, tal como o percebemos em noticiários televisados? Da produção e da veiculação diária de telejornais se ocupa Beatriz Becker neste livro, no qual harmoniza sua prática, como telejornalista, à sua competência, como professora de telejornalismo.

Aluizio R. Trinta
Doutor em Comunicação e Cultura e Professor da ECO/UFRJ

Veja também

capa do livro

Horizontes do Jornalismo

Formação superior, perspectivas teóricas e novas práticas profissionais

Marcelo Kischinhevsky, Fabio Mario Iorio e João Pedro Dias Vieira (orgs.)

capa do livro

Jornalismo e linha editorial

Construção das notícias na imprensa partidária e comercial

Rafael Duarte Oliveira Venancio

capa do livro

A Prática da Gestão do Conhecimento em Empresas Públicas - vol. I - eletronico

O caso da RIOLUZ e o caso da EMAE

Fernando Pereira, Siclinda Omelczuk, José Antonio Cintra e Luiz Eduardo de Abreu

capa do livro

Esfera Pública, Redes e Jornalismo

Ângela Marques, Caio Túlio Costa, Cláudio Novaes Pinto Coelho et al.