capa do livro

Ara reko: Memória e Temporalidade Guarani

Aldeias Itaxi, Araponga, Sapukai, Rio Pequeno

Armando Martins Barros e Renata Pinheiro Castro

“Eu considero o livro fundamental. Acho que nós, professores guarani, trabalhamos muito. Aproveitamos a oportunidade para fazermos um livro guarani para trabalhar dentro da sala de aula, com nossos alunos. Futuramente, com esse livro, poderemos oferecer cursos aos professores não índios. O livro vai nos servir para discutirmos, refletirmos nas aldeias, com os professores guarani discutindo a língua, a letra e o alfabeto guarani.
Fora da aldeia, temos que refletir como a gente trabalhou a construção do livro, abordando a língua, o alfabeto guarani, o artesanato. Essas questões temos que trabalhar com os professores não índios para que aprendam a valorizar nosso pensamento e a produção em livro que produzimos. Acho que aqui no estado do Rio de Janeiro, é o primeiro livro que as aldeias fazem juntos.”

Prof. Algemiro, Aldeia Sapukai

¤

“Com a produção do livro eu mesmo aprendi, pesquisando com minha família, fazendo entrevista com os mais velhos, com o pajé, com meu avô e, até, com a minha mãe. Aprendi como era a história do índio, o que ele comia antes, o que ele caçava, a história de nossa Opy. Os mais velhos gostaram da forma como pesquisamos para o livro e disseram que já podia ter sido feito. É uma vitória para as aldeias.”

Prof. Darci, aldeia de Itaxi

¤

“A produção do livro está saindo muito bem. Porque saindo do livro está nossa imagem, nossa história. No livro aparecem muitas frases da história do ser guarani. Com ele, já posso dar aula na aldeia em guarani para explicar a história que está no livro. Foi muito importante ter sido feito pelas três aldeias juntas.”

Prof. Nírio, aldeia de Araponga

¤

 

Veja também

capa do livro

Intelectuais indígenas e a construção da universidade pluriétnica no Brasil

Povos indígenas e os novos contornos do Programa de Educação Tutorial/Conexão de Saberes

Ana Elisa de Castro Freitas (organizadora)

capa do livro

A educação superior de indígenas no Brasil

Balanços e perspectivas

Antônio Carlos de Souza Lima (organizador)

capa do livro

Caminos hacia la educación superior

Los Programas Pathways de la Fundación Ford para pueblos indígenas en México, Perú, Brasil y Chile

Antônio Carlos de Souza Lima e Mariana Paladino (org.)

capa do livro

O povo parente dos Buracos

Sistema de prosa e mexida de cozinha

Ana Carneiro