capa do livro

Renata Curcio Valente

Renata Curcio Valente é doutora em Antropologia Social pelo Programa de Pós-graduação em Antropologia Social do Museu Nacional (UFRJ) desde 2007, com mestrado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e graduação em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua pesquisa se deu na área de políticas públicas de cooperação para o desenvolvimento e meio ambiente. Foi pesquisadora do Instituto de Economia e de organizações não governamentais, como a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – Fase. Atuou como docente no curso de Relações Internacionais da Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, entre 1998 e 2003, e no Instituto de Ensino Superior de Brasília (Iesb), entre 2003 e 2005, onde orientou e coordenou a área de monografias de final de curso. Atualmente, é chefe do Serviço de Estudos e Pesquisas – Seesp, ligado à Coordenação de Divulgação Científica do Museu do Índio/Funai, no Rio de Janeiro, onde desenvolve pesquisas e coordena cursos. Participa do Laboratório de Pesquisas em Etnicidade, Cultura e Desenvolvimento – Laced, da UFRJ.



Veja também

capa do livro

Povos indígenas, meio ambiente e políticas públicas

Uma visão a partir do orçamento indigenista federal

Ricardo Verdum

capa do livro

O fazer antropológico e o reconhecimento de direitos constitucionais

O caso das terras de quilombo no Estado do Rio de Janeiro

Eliane Cantarino O’Dwyer

capa do livro

Tutela

Formação de Estado e tradições de gestão no Brasil

Antonio Carlos de Souza Lima (org.)

capa do livro

Cidadãos e selvagens

Antropologia e administração indígena nos Estados Unidos, 1870-1890

Thaddeus Gregory Blanchette

capa do livro

O fazer e o desfazer dos direitos

Experiências etnográficas sobre política, administração e moralidades

Adriana Vianna (org.)