capa do livro

Desafios de operação e desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde

Lia Hasenclever, Maria Auxiliadora Oliveira, Julia Paranhos e Gabriela Chaves (orgs.)

Apresentação

1 Indicadores secundários do Complexo Industrial da Saúde
Rosa Marina Dória, Gabriel Cunha, Diego Vieira e Thais Mothé
Introdução
1. Indicadores de tendências demográficas, condições de vida e oferta de saúde pública
2. A saúde como um agregado macroeconômico
3. Caracterização das empresas do cis
Conclusões
Referências

2 Conexões entre as políticas de desenvolvimento industrial no setor farmacêutico e a política de saúde no Brasil: um percurso da década de 1930 a 2000
Gabriela Costa Chaves, Lia Hasenclever e Maria Auxiliadora Oliveira
Introdução
1. Produção local de medicamentos, assistência farmacêutica e propriedade intelectual nas décadas de 1930 a 1960
2. Políticas de saúde e as interfaces com as iniciativas governamentais de desenvolvimento industrial: de 1970 a 1990
3. Década de 1980: reforma sanitária e desenvolvimento industrial no contexto da redemocratização e de pressões comerciais internacionais
4. Década de 1990: construção do SUS e produção local no contexto da abertura comercial e mudança do sistema internacional de propriedade intelectual
Considerações finais
Referências

3 Uma análise das políticas industriais e tecnológicas entre 2003-2014 e suas implicações para o Complexo Industrial da Saúde
Lia Hasenclever, Julia Paranhos, Gabriela Chaves e Claudio Damasceno
Introdução
1. Teoria e experiências para uma política industrial e tecnológica exitosa
2. Política industrial, tecnológica e de comércio exterior brasileira, 2003-2014
3. Implicações para o setor saúde e discussão
Considerações finais
Referências

4 Compras públicas de medicamentos no Brasil: uma análise a partir do marco regulatório
Vera Lucia Luiza, Rondinelli Mendes da Silva, Elaine Lazzaroni Moraes e Leonardo Vidal Mattos
Introdução
1. Percurso metodológico
2. Marco regulatório de compras no Brasil
3. Reflexões sobre a normatização das compras públicas de medicamentos no Brasil
Considerações
Referências
Anexo

5 Mudanças no marco regulatório brasileiro de pesquisa e produção de medicamentos entre 2003 e 2014: avanços e desafios
Carla Zaire, Lia Hasenclever e Julia Paranhos
Introdução
1. Metodologia
2. Pesquisa clínica
3. Certificado de Boas Práticas de Fabricação (Cbpf)
4. Registro de comercialização
5. Parceria para o desenvolvimento produtivo (pdp)
Conclusão: desafios
Referências

6 Direitos de Propriedade Industrial e as interfaces com políticas de acesso e produção local de medicamentos no Brasil (período 2003 a 2013)
Gabriela Costa Chaves e Maria Auxiliadora Oliveira
Introdução
1. Proteção patentária no setor farmacêutico
2. Regulação da propriedade intelectual no setor farmacêutico e dos preços de medicamentos em situação de monopólio no sus
3. Iniciativas recentes de produção local e a questão da barreira patentária
4. Desafios e recomendações
Referências

7 Alteração do padrão de esforços de inovação das grandes empresas farmacêuticas no Brasil, 2008-2011
Julia Paranhos, Eduardo Mercadante e Lia Hasenclever
Introdução
1. Metodologia e dados
2. Resultados
3. Discussão dos resultados
Conclusão
Referências

8 Estratégias de aprendizado tecnológico na indústria farmacêutica brasileira
Ricardo L. Torres
Introdução
1. Os incentivos econômicos das pdps
2. Fundamentação teórica e analítica
3. Métodos da pesquisa
4. Perfil das empresas entrevistadas
5. Estratégias de aprendizado e percepção do ambiente
6. Discussão dos resultados
Considerações finais
Referências

9 Biossimilares no Brasil: desafios da Política de Desenvolvimento Produtivo
Eduardo Braz Pereira Gomes, Lia Hasenclever e Julia Paranhos
Introdução
1. Desenvolvimento econômico, sistemas de inovação e pesquisa e desenvolvimento (p&d)
2. Biotecnologia, biossimilares e parcerias para o desenvolvimento produtivo
3. Metodologia
4. Política industrial da saúde no Brasil
5. Sistema brasileiro de produção e inovação
6. Dicotomia pequenas versus grandes empresas
7. Cultura de cópia das empresas de genéricos
8. A reação das multinacionais diante dos biossimilares
Conclusão
Referências

10 Fatores de difusão de equipamentos biomédicos de alta complexidade: a hemodinâmica cardiovascular
Maria de Fátima Siliansky de Andreazzi e Mirella Fernandes Affonso
Introdução
1. Marcos teóricos e metodologia
2. Resultados
3. Fatores relevantes na difusão de equipamentos
4. Impactos de diferentes estruturas de mercado
Discussão e conclusões
Referências

Sobre os autores

Veja também

capa do livro

Acesso a Medicamentos

Direito ou Utopia?

Jorge Bermudez

capa do livro

Políticas estratégicas de inovação e mudança estrutural - vol. 1

Sustentabilidade socioambiental em um contexto de crise

José E. Cassiolato, Maria Gabriela Podcameni, Maria Clara C. Soares

capa do livro

Políticas estratégicas de inovação e mudança estrutural - vol. 2

Uma década de evolução dos Arranjos Produtivos Locais

Marcelo G. Pessoa de Matos, Elaine Borin, José E. Cassiolato (Org.)

capa do livro

Health Innovation Systems, Equity and Development

José E. Cassiolato e Maria Clara C. Soares (Org.)

capa do livro

Economia Criativa

Eduardo Ariel de Souza Teixeira e Sílvia Borges Corrêa (Org.)

capa do livro

Gestão da Marca

Estratégia e marketing

Fred Tavares