capa do livro

Marcas de diferença

Subjetividade e Devir na Formação de Professores

Antônio Menezes

INTRODUÇÃO

SUBJETIVIDADE E ESTÉTICA DA DIFERENÇA
A estética e o nascimento da subjetividade burguesa
Século XX: mudança epistemológica e “estética da diferença”

FILOSOFIA DA DIFERENÇA DE GILLES DELEUZE
Marcos da diferença: diagramas de formação de um conceito
A diferença específica não é a “diferença pura”
Diferença, linguagem e a lógica dos incorporais
Espinosa: os “modos de Deus” e a univocidade
Bergson: diferença como duração
Nietzsche e o retorno incessante do idêntico
Ontologia, representação e “devir”

A VIDA DE PROFESSOR E AS ABORDAGENS BIOGRÁFICAS
O caráter interdisciplinar das abordagens biográficas
Método biográfico e vida de professor
A abordagem (auto)biográfica experiencial
Vida de professor, (auto)biografia e paradigmas identitários

HORIZONTES METODOLÓGICOS E HEURÍSTICOS DA PESQUISA
Horizontes metodológicos e heurística da pesquisa
O método escolhido
Os instrumentos de coleta de informações
Organização e análise dos dados
Contexto formal da pesquisa
Os sujeitos da pesquisa
Caminhos heurísticos da pesquisa
Os percursos de vida profissional das professoras
Análise das informações e apresentação dos resultados
Sentidos atribuídos ao professor-atual
Marcas de diferença na vida de professor
Professor-devir

CONSIDERAÇÕES FINAIS

GLOSSÁRIO

REFERENCIAL BIBLIOGRÁFICO

Veja também

capa do livro

De rodas, varejeiras e outros jeitos de aprender e ensinar

Elizabeth Tunes, Zoia Prestes e Roberto Bartholo (orgs.)

capa do livro

Comunicação, linguagem e análise do discurso

Notas do Seminário de Oratória

Antônio Augusto Braighi (org.)

capa do livro

As ações do Pibid da UFRRJ

Pesquisa e Ensino na Baixada Fluminense

Rosa Maria Marcos Mendes e Jean Rodrigues Sales (orgs.)